segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Você experimenta alguns desses sintomas??



Tem um tempão que não posto nada aqui! 

Tempo exterior, tempo interior, pouca inspiração, sensibilidade e sensitividade em turbulência. 

Seja o que for, hoje me deu vontade de vir aqui partilhar com vocês, que possuem um traço índigo uma matéria que li de Alcino Rodrigues.


Ele fala no ser sensitivo e o chama de EMPATA ( a pessoa que possui o dom de colocar-se exatamente no lugar de outra, ou em alguns casos, de sentir coisas que se passam à volta). Lembrei-me das características índigo.

Vamos à matéria? ( É extensa, mas vale à pena)
É um teste para você mesmo se avaliar:

Ser uma pessoa sensitiva, ou empata, significa que ter a capacidade de perceber e ser afetado pelas energias de outras pessoas e ter uma capacidade inata de sentir e perceber intuitivamente outros. A sua vida é inconscientemente influenciada pelos desejos dos outros, desejos, pensamentos e estados de espírito. Ser um empata é muito mais do que ser altamente sensível e não está limitado apenas às emoções.Pessoas mais sensitivas podem perceber sensibilidades físicas e impulsos espirituais, bem como apenas saber as motivações e intenções de outras pessoas.

Aqui ficam 30 dos traços mais comuns do SENSITIVO ou EMPATA:(INDIGO- anotação minha)
1. Saber: os sensitivos sabem coisas, sem lhes ser dito. É um conhecimento que vai além da intuição, mesmo que essa seja a forma como muitos poderiam descrever o saber. Quanto mais sintonizados eles são, mais forte este dom se torna.

2. Estar em locais públicos pode ser esmagador ou avassalador: lugares como shoppings, supermercados ou estádios onde há uma grande quantidade de pessoas ao redor pode preencher o empata com as emoções turbulentas vindas de outras pessoas.

3. Sentir as emoções e tomá-las como suas: este é grande fardo para sensitivos. Alguns deles vão sentir emoções vindas daqueles que estão perto e outros poderão sentir as emoções de pessoas a uma grande distância, ou até ambas. Os empatas mais sintonizados irão saber se alguém está a ter maus pensamentos sobre eles, até mesmo a uma grande distância.

4. Assistir violência, crueldade ou tragédias na TV pode tornar-se insuportável. Quanto mais sintonizado um empata se torna, pior se torna o ato de ver TV. Pode acontecer, eventualmente, este ter de parar de ver televisão e ler jornais por completo.

5. O empata sabe quando alguém não está a ser honesto: se um amigo ou um ente querido lhe está a dizer mentiras ele sabe disso (embora muitos sensitivos tentam não se focar muito nesse conhecimento porque saber que um ente querido está a mentir pode ser doloroso). Se alguém está a dizer alguma coisa mas se ele sente ou pensa de outra, o empata simplesmente sabe.

6. Captar os sintomas físicos de uma outra pessoa: um empata pode desenvolver as doenças de outra pessoa (constipações, infecções oculares, dores no corpo e dores), especialmente aqueles que são mais próximos, um pouco como as dores de simpatia.

7. Distúrbios digestivos e problemas nas costas: o chacra do plexo solar tem base no centro do abdômen e é conhecido como a sede das emoções. Este é o lugar onde os empatas sentem a emoção de entrada do outro, o que pode enfraquecer a área e, eventualmente, levar a qualquer problema, desde úlceras estomacais a má digestão, entre muitas outras coisas. Os problemas nas costas podem-se desenvolver porque quando uma pessoa que não tem conhecimento que é um empata e não está preparada, estará quase sempre “sem chão”.

8. Sempre a olhar os oprimidos: qualquer um cujo sofrimento, dor emocional, a ser vítima de injustiça ou intimidado, chama a atenção e a compaixão de um empata.

9. Outros irão querer descarregar os seus problemas, até mesmo estranhos: um empata pode-se tornar uma lixeira para questões e problemas de toda a gente e se não tiver cuidado pode acabar como utilizando esses problemas como seus próprios.

10. Fadiga constante: os sensitivos muitas vezes ficam sem energia, seja de vampiros de energia ou apenas captando em demasia a energia dos outros, que até mesmo o sono não cure. Muitos são diagnosticados com Fadiga Crônica ou até Fibromialgia.

11. Personalidade possivelmente viciada: álcool, drogas, sexo, são, para citar apenas alguns vícios a que os empatas podem recorrer, para bloquear as emoções dos outros. É uma forma de auto-proteção, a fim de se esconder de alguém ou de algo. Pode não se tornar um vício mas, em menor escala, hábitos regulares.

12. Atração para a cura, as terapias holísticas e todas outras coisas metafísicas: embora muitos sensitivos gostassem de curar os outros, podem acabar por se afastar dessa vocação (mesmo tendo eles uma capacidade natural para isso), depois de se terem estudado e formado, porque eles carregam muito daqueles que eles estão a tentar curar. Especialmente se eles não sabem da sua capacidade e habilidade da empatia. Qualquer coisa que tenha uma natureza sobrenatural é de interesse para os sensitivos e não se surpreende ou ficar chocado facilmente. Mesmo com uma revelação que muitos outros considerariam impensável, por exemplo, os empatas teriam reconhecido o mundo seria redondo quando todos os outros acreditavam que era plana.

13. Criatividade: a cantar, dançar, atuar, desenhar ou escrever, um empata terá uma forte veia criativa e uma imaginação muito fértil.

14. Amor pela natureza e pelos animais: estar ao ar livre na natureza é uma obrigação para os sensitivos e os animais de estimação são uma parte essencial da sua vida. Podem não os ter porque acredita que eles devem ser livres mas têm grande carinho e proteção por eles.

15. Necessidade de solidão: um empata vai agitar-se e ficar louco se ele não receber algum tempo de silêncio. Isto é ainda muito evidente em crianças empáticas.

16. Fica entediado ou distraído facilmente se não for estimulado nas tarefas mais rotineiras: trabalho, escola e vida doméstica tem que ser mantidas interessantes para um empata ou eles desligam-se delas e acabam a sonhar, rabiscar ou a procrastinar.

17. Consideram impossível fazer coisas que não gostam: como no anterior, parece que eles estão a viver uma mentira por fazê-lo. Para forçar um empata a fazer algo que ele não gosta, através da culpa ou rotulando-o como passivo servirá apenas para fazê-lo ficar infeliz. É por esta razão que muitos sensitivos ficam rotulados como sendo preguiçosos.

18. Luta pela verdade: isso torna-se mais predominante quando um empata descobre seus dons de nascença. Qualquer coisa que seja ele sente que está completamente errada.

19. Sempre à procura de respostas e conhecimento: ter perguntas sem resposta pode ser frustrante para um empata e eles vão esforçar-se sempre para encontrar uma explicação. Se eles têm um conhecimento sobre algo, eles irão procurar a confirmação. O lado mau disso pode ser a sobrecarga de informações.

20. Gostam de aventura, liberdade e viagens: os sensitivos são espíritos livres.

21. Abomina a desordem: ela traz uma sensação ao empata de peso e bloqueia o seu fluxo de energia
.
22. Adora sonhar acordado: um empata pode olhar para o espaço por horas, ficando num mundo muito próprio e de muita felicidade.

23. Acha a rotina, as regras ou o controlo aprisionante: qualquer coisa que tire a liberdade é debilitante para um empata.

24. Propensão para carregar peso sem necessariamente se desgastar: o excesso de peso é uma forma de proteção para impedir a chegada das energias negativas que têm tanto impacto em si.

25. Excelente ouvinte: o empata não vai falar de si, a menos que seja para alguém em quem realmente confia. Ele gosta de conhecer e aprender com os outros e genuinamente cuidar.

26. Intolerância ao narcisismo: embora sensato e generoso e muitas vezes tolerante para com os outros, os sensitivos não gostam de ter pessoas ao seu redor excessivamente egoístas, que se colocam em primeiro lugar e se recusam a considerar os sentimentos dos outros, ou pontos de vista diferentes do seu.

27. A capacidade de sentir os dias da semana: um empata sentirá o “Sentimento de Sexta-feira”, quer ele trabalhe às sextas-feiras ou não. Eles captam sobre como o colectivo se está a sentir. O primeiro par de dias de um longo fim de semana de feriado (da Páscoa, por exemplo) pode ser sentido por eles, como se o mundo estivesse sorrindo, calmamente e relaxadamente. Domingo à noite, as segundas-feiras e terças-feiras, de uma semana de trabalho, têm um sentimento muito pesado.
28. Não vai optar por comprar antiguidades, vintage ou coisas em segunda mão: qualquer coisa que tenha sido pré-propriedade, carrega a energia do proprietário anterior. Um empata vai mesmo preferir ter um carro ou uma casa nova (se eles estiverem numa situação financeira que lhe permita fazê-lo), sem energia residual.

29. Sente a energia dos alimentos: muitos sensitivos não gostam de comer carne ou aves, pois eles podem sentir as vibrações do animal (especialmente se o animal sofreu), mesmo se eles gostarem do seu sabor.

30. Pode parecer mal-humorado, tímido, indiferente, desconectado: dependendo de como um empata se sente, isso irá influenciar com que cara eles se mostram para o mundo. Eles podem ser propensos a mudanças de humor e se eles captaram energia muito negativa aparecerão calados e insociáveis, parecendo mesmo miseráveis. Um empata detesta ter de fingir ser feliz quando está triste, isso só aumenta a sua carga (torna o trabalho no sector de serviços, quando é preciso fazer o serviço com um sorriso, muito desafiador) e pode fazê-los sentir como que se escondendo debaixo de uma pedra.
Se você pode identificar-se com a maioria ou com todos os itens acima, então você é definitivamente mais um empata.(INDIGO)

Os sensitivos estão a ter um momento particularmente difícil, no momento presente, captando todas as emoções negativas que estão a ser emanadas para o mundo a partir da população que sente as dificuldades da sociedade atual, por todo o mundo.
Por Alcino Rodrigues

*Queridos Parceiros na Busca do Conhecimento e do Equilíbrio de si mesmos....*

Ontem, meados de fevereiro de 2018 estive conversando com Renata França, uma de nossas integrantes do grupo Guerreiros Índigos, do orkut, em 2005.

Falávamos sobre como tem sido complicado para nós, não tão pequenos, nem adolescentes, que já trazemos em nosso DNA e, sobretudo em nossa região pré-frontal do cérebro, os sinais da ativação dessa região...COMO TEM SIDO DIFICIL SOBREVIVER  num mundo onde, a maioria das pessoas, até mesmo as formadoras de opinião agem, como se tudo tivesse que permanecer em seus quadradinhos, em suas caixinhas...

- Antolhos para todos!!!!!! Grita o rei da cocada preta, quando percebe , que vai perder sua realeza!!!!!!!
                                               ~~~~~~~~~~~~~~

Neurocientistas e estudiosos do comportamento humano, inclusive eu mesma, com a minha experiência em diversas áreas das terapias, inclusive a dos distúrbios da comunicação temos cada vez mais a certeza de que passamos por uma importante fase da evolução humana.
Se há alguns anos atrás , já se falava sobre as "NOVAS CRIANÇAS", hoje sabemos que, não só crianças e adolescentes apresentam características definidas como "A CONSCIÊNCIA ÌNDIGO".

Desde épocas longínquas, que nem temos como mensurar, criaturas especiais , que aqui e ali nasceram , se destacaram, com suas mentes brilhantes sempre além do seu tempo, e transformaram muitos conceitos e padrões seguidos pela humanidade.
Seriam eles também detentores do fenômeno evolutivo chamado índigo?

O que sabemos, com certeza é que há algumas décadas, já observamos a presença de um maior número de seres, que se encaixam nos sinais evolutivos dos novos tempos.

Isso quer dizer que, nossos bisavós, avós e pais podem ter sentido as mesmas inquietações , que hoje naturalmente externamos.

Quantos deles devem ter mantido seus questionamentos em segredo, seu desejo de contestar padrões de comportamento omitidos, para que não fossem considerados pessoas ANORMAIS???

Temos muito o que conversar e penso que, hoje impera a necessidade de tornarmos o nosso espaço maior em possibilidade de discutir sobre todas as inquietações que nos acometem e que, muitas vezes pensamos ser algum mal psíquico... e o tratamos , como se doentes fossemos....

Que nada , gente!
Apenas e tão somente está chegando o tempo de não mais guardarmos nossas inquietações, como se elas nos tornassem criaturas ESTRANHAS, para a sociedade...


Muitas coisas irão mudar, a partir desse novo ser, que , após o ACORDAR DA REGIÃO PRÉ-FRONTAL DO SEU CÉREBRO passa a ter capacidades e habilidades não compatíveis com padrões de comportamentos limitantes, mentirosos e de exagerada prepotência...rançosos e doentios...

pensem nisso e olhem para si mesmos...tentem descobrir a si mesmos.
Num próximo post irei falar um pouco mais sobre essas características... esses dons... esse fenômeno de que tanto falam

Ah!
-Vai uma cocada aê????

domingo, 5 de abril de 2015

PÁSCOA INTERIOR





NOSSA PÁSCOA INTERIOR 
(Para quem é religioso e para quem não o é)

Amigos:

Que esta Páscoa, precedida do simbolismo da paixão e morte, seja para vocês, uma lembrança forte e sempre renovada de ressurreição, alegria e paz dentro de cada um.

A palavra Páscoa se origina do hebraico - Pessach ( que significa PASSAGEM)

D. Helder Câmara exprimiu em frase poética, essa "PASSAGEM" das sombras para a luz, que vivemos a cada momento no cotidiano de nossas vidas:

“Quanto mais escura a noite, mais próxima a madrugada.”
... E MAIS PRÓXIMO O AMANHECER..

Assim, nunca mais pensaremos que a escuridão e a paixão sejam o desfecho final em cada episódio aflitivo ou doloroso de nossas vidas.
O CAMINHO É A PASSAGEM PARA A VIDA. NÃO A CHEGADA EM SI, POIS NUNCA CHEGAMOS A LUGAR NENHUM, MAS SEMPRE ESTAMOS A CAMINHO..."

Logo virá a luz, a alegria e a tranquilidade interior... o entendimento de nós mesmos... a tão desejada PAZ.
Seja este um momento de reflexões sobre as nossas paixões ( nossos apegos que acorrentam nossas emoções e nossa razão... na escuridão...)

Seja este um momento de aprendizado sobre as lições que cada aflição nos traz...

Seja este um momento em que consigamos descobrir que há sempre uma "PASSAGEM" para os caminhos da luz... da claridade... do sol... do dia...


Consigamos todos nós encontrar, os caminhos interiores de "PASSAGEM PARA O NOSSO AMANHECER PESSOAL E... PARA A PERMANENTE CLARIDADE DESTE"
BOA PÁSCOA INTERIOR, PORQUE A EXTERIOR NÃO NOS PERTENCE REALMENTE.

CADA UM TEM A SUA PRÓPRIA PÁSCOA.

A PÁSCOA DE TODOS É AQUELA QUE NÃO NOS LEVA A BUSCAR NEM CRER NO DEUS INTERIOR, PESSOAL, QUE NOS ACOMPANHA DESDE O NASCIMENTO ATÉ A MORTE.

A PÁSCOA DE TODOS É A QUE NOS LEVA A BUSCAR FORA O QUE ESTÁ DENTRO, É A QUE NOS FAZ PAGAR EM ESPÉCIE O QUE NÃO SE COMPRA, A NÃO SER COM BENS ESSENCIAIS.

PARA REFLETIR

domingo, 4 de janeiro de 2015

Ano da Cabra Verde de Madeira no Horóscopo Chinês em 2015


Amigos:
Desde julho de 2014 não venho postar nesse espaço. Infelizmente a vida no mundo real acabou me impedindo de vir aqui para deixar-lhes alguma coisa de importante , algo para refletir...

Mas 2015 está aí e tenho certeza que conbseguirei estar aqui mais vezes.
Quero deixar-lhes uma mensagem, de Ano Novo  e encontrei um texto, que muito tem a ver com aquilo a que se preopõe o blog. Eu o encontrei em outro link e deixarei o devido crédito à autora, pelo belo texto que nos emprestou!

Feliz 2015
por Maiana Lena - mayana.lena@gmail.com

O ano chinês 2015 começa em 19 de Fevereiro e na Astrologia Chinesa será um ano regido pela Cabra Verde de Madeira.

A cabra é uma energia Yin, um símbolo de paz, coexistência harmoniosa e tranquilidade. Esse é o estado de espírito primordial e fundamental para este ano. Embora haja gritos de guerra, ela será evitada advindo um período de reparação e compromisso para garantir que a paz seja mantida.

O Carneiro é o símbolo das Artes. Relaciona-se com tempos passivos e amorosos. Ele vai ajudar o processo de cicatrização em relação a eventos passados causados por indivíduos que têm pouco respeito pela raça ou a própria vida humana. Será um ano de união na fé e na crença de que a boa vontade prevalecerá e vencerá as forças que se recusam a obedecer a um estilo de vida pacífico. Para aqueles que confiam na bondade, felicidade e sucesso advirão.

A ênfase será em unir forças a fim de lutar contra o mal e a destruição que vêm fermentando. Com o planeta Saturno no signo de Escorpião e o planeta Plutão em sua longa estadia no signo de Capricórnio, haverá uma maior preocupação com a estrutura, voltando ao básico e usando mais a intuição para encontrar soluções aos problemas que assolaram o mundo por algum tempo.

Muitos fatores dependem disso - o equilíbrio da economia internacional e a harmonia social devem estar em paz. 

2015 é um ano para colocar as habilidades mentais prevalecendo sobre a força bruta.

É o ano dos seres com características índigo- os verdadeiros Guerreiros da Luz   (adaptação de Denise Conte)

O destino vai enviar emissários para mudar os rostos de agressão até um compromisso mais tranquilo. Ele não acabará com a dúvida, raiva ou desejo de violência, mas colocará um cobertor de constrangimento sobre ele.

Será um momento para unir e incutir lealdade e disciplina.

Será um tempo de cura de muitas feridas antigas. 
Então, devemos aproveitar o momento para fazer as as pazes e refazer promessas quebradas.

www.somostodosum.com

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

SOMOS OS PAIS E OS AVÓS DE UMA GERAÇÃO DE SERES ALTAMENTE PERCEPTIVOS.



 Precisamos entender que essas criaturinhas 
(muitos já adolescentes e adultos) não devem , nem podem ser educadas como fomos educados.


 Entender suas emoções mal exteriorizadas e dialogar com eles pode fazer a diferença.




Por que Índigos?



Observe as inquietações, berros, malcriações, agressividade do seu filho, antes de loprar com ele.

Antes de mais nada , o termo índigo foi criado por uma estudiosa da aura humana, que ao observar as crianças dessa "Nova Era", encontrou uma predominância dessa cor, azul índigo emanando de suas cabeças. 


As pessoas de aura índigo têm suas habilidades perceptivas extremamente desenvolvidas .




O seu potencial interior para captar aquilo que sentem, mesmo sem ver ou ouvir o que se passa é algo inexplicável. 


Crianças e adolescentes de hoje, quase sempre possuem esses dons perceptivos bem à flor da pele. 

Por isso tanta dificuldade em aquietar a mente, quando o que estão fazendo lhes exige ter atenção para algo pelo qual não possuem o menor interesse... em geral já sabem do que se trata, antecipadamente e, decidem não dar importância... 

E tá acabado!

Olha então o rótulo que colocam nele: Défict de atenção seguido de hiperatividade.

Na verdade, crianças com a aura índigo não conseguem se adaptar à educação "das antigas", nem tampouco à educação liberal demais.

Por serem extremamente perceptivas conseguem manipular a todos que titubeiem, quanto aos rumos de sua educação ( seja em casa ou na escola).

Fique alerta em relação aos seus filhos. 
Conversar com eles, olhando nos olhos é o melhor caminho, mesmo quando ele esperneia e tenta agredi-lo.

Quando eles olham pra você conseguem ver no que você diz, através de seus olhos, TANTO A VERDADE QUANTO A MENTIRA





quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

 
O ANO DO CAVALO DE MADEIRA
 
O ano de 4712
No calendário Chinês, em 31 de janeiro de 2014 (ano de 4712) será o ano do cavalo de madeira, que retorna depois de 60 anos.
É um tempo de colheita, de renovação e de mudanças. O cavalo de madeira promete traz um ano cheio de descobertas e criatividade. Para quem quer alcança sucesso e transformar a própria realidade superando por exemplo questões de trabalho . Bom para quem quer a...brir um negócio.
O cavalo é um trabalhador incansável. Será um ano decisivo para quem está disposto a buscar o seu lugar e também para aqueles que procuram o bem maior:. O senso de cooperação e a amizade são características do cavalo de madeira. As comunicações serão favorecidas e profissões que lidam com o público estarão em evidencia. No campo pessoal, será bom momento para assumir compromissos no amor, sendo muito favorável aos casamentos.
As pessoas estarão mais românticas e carinhosas.
Como é tempo de mudanças, trocar de casa ou de pele, se reinventar, vai valer a pena. Fuja do convencional. A hora da guinada é agora, não desperdice sua vida.
Como o cavalo é regido pelo elemento fogo, o ano será muito movimentado e até turbulento. Devido ao seu caráter impulsivo, o cavalo pode provocar desgastes políticos
De espírito volátil, será um ano extenuante mas também gratificante.

Simbolismo do Cavalo no calendário chinês
O cavalo é um símbolo universal presente no inconsciente coletivo da humanidade e é conhecido por ser um grande aliado do ser humano, um trabalhador incansável, símbolo da força que quando bem direcionada pode nos levar muito longe.
No calendário chinês o cavalo é regido pelo elemento fogo e este por sua vez invoca sentimentos impulsivos, renovação, transformação. Todos devemos aproveitar a força deste ano para colocarmos em atividades projetos que estão parados.

Mídia Sem Máscara - Pai do transtorno de déficit de atenção se declara um mentiroso

Mídia Sem Máscara - Pai do transtorno de déficit de atenção se declara um mentiroso

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

FOR YOU (Para você) - TRIUMVIRAT com legendas em português


quarta-feira, 15 de maio de 2013

ENTRE A DISSONÂNCIA DO MAU ESTRESSE E A HARMONIA DA PAZ INTERIOR




Segundo Pierre Weill, “não adianta desarmar os homens se seu espírito não for pacificado”.


Enquanto o homem basear sua vida em valores racionais, materiais... passíveis de perecimento, estará sob o jugo da ansiedade, da angústia, do estresse, da dúvida quanto à tudo que o cerca.


É nas emoções, nas vivências e nos pensamentos de insegurança e repressão, que se gera a imobilidade do espírito humano .

Sem ele a nos acompanhar lado a lado, crescem a violência e a guerra, dentro e fora de nós... Por desdobramento... a angústia e o desequilíbrio. A harmonia interior só é despertada no ser, que descobre a correta via de acesso à essência espiritual que a promove.


E a trilha começa por um mergulho em si mesmo e pela atitude permanente da “escuta interior”, do entendimento pleno da linguagem do seu corpo e de suas emoções. Só então o espírito será pacificado e, tudo... tudo mais... perderá a cruel capacidade de o desarmonizar.


“Construa uma estrada que penetre pelos seus pés e leve-a para dentro de você mesmo!”

Experimente descobrir-se!
Olhe-se em suas perfeições e imperfeições e, antes de mais nada... aceite-se.
Se decidir modificar-se, que o faça com muito amor por si mesmo e até por seus defeitos e erros... A harmonia interior, certamente virá ... quase que num passe de mágica...

Denise Conte

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Sete dicas valiosas para um 2013 de muita paz




por Andre Lima - andrelimareiki@gmail.com

A ansiedade humana nos leva a buscar e desejar inúmeras realizações em todos os campos da vida: financeiro, profissional, amoroso e saúde física. No fundo, acreditamos que ao concretizarmos esses objetivos, finalmente nos sentiremos completos. E o que significa essa completude mas profundamente? Significa nos sentirmos em paz, sem ansiedade.


Os mais experientes já devem ter percebido que há uma ilusão nesse processo. Concretizamos novos objetivos (aumento da renda, novo apartamento, novo relacionamento, ter um filho e etc.), temos uma sensação inicial de bem-estar, mas é passageira. Logo vem novamente a ansiedade e então iremos buscar mais coisas e realizações para que finalmente possamos nos sentir completos. Vivendo dessa forma, a felicidade e a paz interior estão sempre no futuro. O agora, que é a única realidade que existe, tem apenas breves momentos de alívio. Depositamos as expectativas no futuro, que não existe, e deixamos de viver em paz no agora.






Como assim "o futuro não existe?". Alguém pode questionar isso. O futuro existe apenas em forma de pensamentos que geramos. É apenas uma imagem mental ou um punhado de pensamentos. Você já conseguiu chegar no futuro? Nunca. Toda vez que ele chega, ele é vivido como o agora, que é a única realidade que existe.
Alguns demoram a perceber que viver dessa forma serve apenas para alimentar a ansiedade. O ego vive dessa maneira sempre no futuro e fugindo do agora. Quando ficamos em paz no presente, os objetivos se concretizam com muito mais facilidade. Só que o ego inverte a ordem das coisas querendo que os objetivos nos tragam paz.







Primeira dica: Decida que a paz interior é o que é mais importante para sua vida. Afirme pra você mesmo: "Me sentir em paz é o que mais importa pra mim, eu escolho a paz interior". Repita essa frase muitas e muitas vezes até que essa idéia se torne parte do seu ser, refletindo-se nos seus pensamentos e ações.






Se a paz interior é o mais importante, você irá escolher viver o agora, pois viver no futuro e ficar em paz é incompatível. Você poderá fazer o planejamento para atingir um objetivo. Poderá pensar no futuro para concretizar algo, mas assim que terminar de planejar, você voltará ao presente. Gradualmente você viverá a ordem natural das coisas: viver o agora a maior parte do tempo e fazer breves visitas ao futuro por meio dos seus pensamentos.






Segunda dica: A segunda dica para ficar em paz é aceitar cada momento que surge do jeito que ele é. Indubitavelmente muitos momentos se apresentarão de uma forma que você não deseja. Observe a sua reação. Você sente a contrariedade tomar conta de você? Lembre-se novamente da afirmação: "Me sentir em paz é o que mais importa, eu escolho a paz interior". Você pode ainda completar: "Eu escolho a aceitação". Aceite o agora como ele se apresenta.


Não confundir aceitação com conformismo ou falta de atitude. Se é possível fazer algo para mudar a situação para melhor, faça. Mas escolha se sentir em paz primeiro, e depois aja. Dessa forma, suas ações serão muito mais eficazes. Não condicione o seu bem-estar à resolução da situação. Caso não seja mesmo possível fazer nada para mudar, apenas aceite total e incondicionalmente e fique em paz. Aceitar significa não criar uma resistência interior aquilo que já é. Brigar com aquilo que já é, é insanidade, coisa do ego. A mente egóica irá tentar convencê-lo a brigar mentalmente com a situação tirando a sua tranquilidade.







Terceira dica: Tenha muita paciência com você mesmo. Viver no agora e praticar a aceitação exige treino. A mente vem sendo condicionada há muitas gerações a funcionar de determinada maneira. O impulso da não-aceitação e de viver no futuro será forte no início. Mas, gradativamente, com persistência e paciência o padrão vai mudando. Vale a pena insistir.






Quarta dica: Pare de reclamar de qualquer coisa que seja: governo, marido, filhos, fila do banco, engarrafamento, impostos, funcionários, de você mesmo, dos homens, das mulheres, do seu corpo... A reclamação é a manifestação mais clara da não-aceitação. Qual é a sensação interior que surge quando começamos a reclamar? É algo agradável? Traz paz interior? Claro que não. Do ponto de vista prático, reclamar não muda em nada a situação e nos faz sentir mal.






Um esclarecimento. Parar de reclamar não significa ficar cego ou deixar de reconhecer o mal funcionamento de alguma coisa e as atitudes negativas de alguém. Continuamos vendo tudo, mas sem gerarmos a negatividade no nosso interior que apenas nos prejudica. Podemos tomar atitudes caso esteja a nosso alcance. Mas primeiro lembre-se que ficar em paz é seu maior objetivo, e depois aja.


Quinta dica: Afasta-se cada vez mais do noticiário da televisão, jornais, revista e internet. Muita ansiedade, pessimismo, medo e outros sentimentos são causados ou alimentados pela pesada carga de negatividade que as pessoas absorvem. As sociedade e a sua própria mente tentarão convencê-lo de que é preciso estar informado para não ficar "alienado". Mas o que observamos é que cada vez mais as pessoas ficam alienadas por consumirem informação demais. Se tornam negativas e cheias de crenças limitantes, mas pensam que são pessoas realistas e bem informadas.







Sexta dica: Busque autoconhecimento e ferramentas que podem ajudá-lo. Existem inúmeras técnicas e tratamentos: Pratique *EFT (técnica para auto-limpeza emocional) pratique Hooponopono (técnica de cura havaiana) use florais, receba Reiki, pratique meditação, receba massagem, pratique alguma forma de arte (dançar, pintar, cantar...), invista em cursos de autoconhecimento livros e etc.






Sétima dica: Observe a sua mente tentando tirar a sua paz interior. De repente, você se pega relembrando de uma situação do passado e dizendo "eu deveria ter feito isso e aquilo", "foi muito desrespeito de fulano", "quem ele pensa que é". Às vezes, surgem lembranças de situações desagradáveis do passado e as alimentamos de forma automática com comentários e pensamentos. E outras vezes surgem discussões mentais que nem houveram. Imaginamos o que deveríamos ter dito e também coisas que e o outro nem disse, mas que supomos que ele deve ter pensado. É muita viagem mental. As frases de paz interior o ajudarão novamente a manter o foco.


Traga a Paz para a sua mente em 2013 e aprenda a fazer isso, por toda a sua vida.